Quais são as principais causas de incêndio?

28 ago
Categorias: Dicas

Quais são as principais causas de incêndio?
O fogo é um elemento essencial para uma grande parte das atividades que fazemos hoje em dia, sendo algo sem o qual já não conseguimos ficar sem. Quando ele fica fora de controle, no entanto, ele toma a forma de um incêndio e adquire, a partir de então, uma força destrutiva ímpar, que é capaz de tirar muitas vidas e destruir rapidamente aquilo que trabalhamos tanto para erguer.

Para evitar esse problema, existem diversas ações que podemos tomar para minimizar os riscos de incêndio, como por exemplo investir em equipamentos de segurança, como portas corta-fogo e extintores. Um dos melhores métodos de prevenir esse tipo de ocorrência, no entanto, é aumentar o conhecimento acerca de quais são as principais causas de incêndio, haja vista que assim fica mais fácil perceber os sinais de perigo antes que eles saiam de controle.

PRIMEIRA CAUSA: BRINCADEIRAS DE CRIANÇA

Por incrível que pareça, uma grande parte dos incêndios que ocorrem são causados por crianças, que brincam com fósforos, soltam balões, jogam bombinhas e acendem fogueiras em terrenos vazios sem ter muita consciência do perigo que elas estão correndo ao fazê-lo. Por conta disso, devemos sempre procurar orientar as crianças a respeito do risco de suas ações e ficar de olho no que elas estão fazendo para evitar que acidentes aconteçam.

SEGUNDA CAUSA: HÁBITOS INADEQUADOS NA COZINHA

Agir de forma displicente na cozinha é outro fator que causa um grande número de incêndios. Muitas pessoas desconhecem os perigos da cozinha e acabam deixando os alimentos mais tempo do que deveriam fritando ou cozinhando, o que pode acabar provocando acidentes graves – o óleo de cozinha, por exemplo, se for aquecido em excesso, entra em combustão com relativa facilidade.

Fora isso, existem outros hábitos na cozinha que fazem com que o risco de incêndio aumente, como por exemplo esquecer o fogão ligado ao sair, posicionar uma cortina próxima das chamas, dentre uma série de outras coisas.

TERCEIRA CAUSA: INSTALAÇÃO ELÉTRICA PRECÁRIA

Essa é uma das causas mais letais de incêndio, porque pega a maior parte das pessoas desprevenidas, afinal, os fios ficam dentro da parede e não temos como ver que existe algum problema até que o mesmo ocorra.

A maior parte dos problemas de ordem elétrica que levam a incêndios são causados por fiação antiga, que começa a descansar ou ficar com mal contato, produzindo faíscas, ou pela inserção de aparelhos modernos em redes elétricas antigas, haja vista que os mesmos acabam por causar uma sobrecarga na mesma, que aquece o fio e faz com que o mesmo possa entrar em combustão.

QUARTA CAUSA: VAZAMENTOS DE GÁS

Hoje em dia os fornos e os fogões elétricos e de indução estão cada vez mais populares, porém uma larga parcela da população ainda utiliza aparelhos à gás, com o mesmo sendo um dos maiores causadores de incêndio que existem. Pior, se o botijão for atingindo, existe um sério risco de que ele exploda, o que pode piorar consideravelmente a situação.

COMO PREVENIR UM INCÊNDIO?

Um incêndio pode ser algo extremamente destrutivo e perigoso, cabendo a nós não tratá-los de forma leviana e fazer o possível para nos prevenir. De fato, por mais que seja impossível anular por completo o risco de que um incêndio ocorra, existem formas de mitigar as chances de que acidentes mais graves ocorram, como por exemplo investir em equipamentos de segurança e combate a incêndios.

Nessa hora, conte com o apoio da Gifel, uma empresa especializada em equipamentos de combate a incêndio, que está há mais de 35 anos no mercado e que não irá poupar esforços para ajudar você a encontrar a solução ideal para a sua necessidade.

Comentários
1 Comentário
  1. OLEGARIO AUGUSTO F VERSIANI

    Artigo muito interessante e esclarecedor para pessoas leigas sobre os riscos de incêndio numa residência. Gostaria de complementar que no caso do calor do incêndio se aproximar do botijão, o mesmo dispõe de um dispositivo de segurança chamado parafuso fusível, que alivia a pressão dentro do botijão, quando a temperatura chega próxima de 65ºC, ocorrendo o que conhecemos como Efeito Maçarico. Isso alimenta o incêndio, mas o botijão não explode.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *