Como apagar um incêndio nos estágios iniciais?

23 jul

No início, um incêndio pode parecer pequeno o suficiente para ser apagado de maneira simples, sendo através de abafador ou um extintor que estiver à mão, porém ele pode tomar dimensões relevantes, tornando-se devastador. Caso a chama se espalhe, rapidamente, acione um alarme de incêndio, deixe o local, imediatamente, e acione o Corpo de Bombeiros.

Apagando um incêndio nos estágios iniciais

Quais são as principais causas de incêndio?

1. Incêndios elétricos

●     Evite o incêndio: Incêndios elétricos, geralmente, resultam da fiação falha ou de baixa manutenção dos sistemas. Não sobrecarregue as tomadas e garanta que o trabalho elétrico seja feito por um eletricista especializado;

●     Desligue o fornecimento de energia elétrica: Caso um sistema elétrico comece a soltar faíscas ou algum fio e tomada pegue fogo, desligue a energia imediatamente;

●     Extintor Classe C: Caso não possa cortar a energia que vai para a fonte, considere um extintor de classe C. São os extintores com os agentes dióxido de carbono (CO2) ou pó químico seco;

●     Extintor Classe A: Caso o fornecimento de energia tenha sido cortado, completamente, pode ser utilizado o extintor Classe A à base de água ou pó químico seco ABC.

●     Acione os bombeiros: Mesmo que tenha conseguido apagar o fogo, acione os bombeiros, pois podem haver objetos queimando sem chama, podendo haver reignição do incêndio.

2. Incêndios de combustível líquido/óleo

●     Desligue o fornecimento de combustível: A primeira coisa a se fazer em casos de incêndios que envolvem líquidos inflamáveis, é cortar se possível o fornecimento deste líquido;

●     Considere um abafador: Você pode usar um abafador para apagar o fogo,de forma a isolar o combustível do oxigênio.

●     Extintor Classe B: Assim como nos casos de incêndios elétricos, os extintores à base de água (Classe A) não devem ser utilizados em casos de incêndios de combustíveis líquidos ou óleo. Considere o extintor de dióxido de carbono (CO2) e de pó químico seco (Classe B);

●     Chame os bombeiros: Bombeiros treinados são capazes de isolar e remover qualquer risco, caso ainda haja algum. Mesmo que o fogo tenha apagado, alguma chama poderá se reacender. Fique atento!;

3. Incêndios orgânicos

●     Use um abafador: Caso a fonte de combustível seja algum material sólido como madeira; papel; tecido; borracha ou plástico, terá um incêndio de Classe A. Com um abafador, você extingue o fogo de maneira rápida e prática, removendo o oxigênio do fogo, deixando-o impossibilitado de continuar a queimar;

●     Abuse da água: Caso você não tenha à mão um extintor Classe A à base água, considere outra fonte, como por exemplo, uma pia ou mangueira de jardim. Jogue bastante água para extinguir as chamas antes que se espalhe;

●     Ligue para o Corpo de Bombeiros: Assim como nos outros incêndios, é viável acionar os bombeiros, pois as chamas podem se reacender;

Saiba o que fazer em cada tipo de incêndio para evitar danos adicionais. Em casos mais graves, no qual você não consiga conter as chamas, não se esqueça de evacuar o local rapidamente e acionar o Corpo de Bombeiros.

Curta essa página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *