O QUE SÃO AGENTES EXTINTORES LIMPOS E QUAL A SUA RESPONSABILIDADE COM O MEIO AMBIENTE

11 jan

kj

Os agentes extintores limpos possuem substâncias sólidas, líquidas ou gasosas, tais como os gases FM-200, HFC-227, NOVEC 1230, FE-25 E CO2. O equipamento é comum em locais que não pode utilizar água, sendo desenvolvido conforme a norma NFPA 2001, dividido em duas classes, os halocarbonos e os gases inertes.

No modelo halocarbonos, o extintor apresenta composto orgânico como cloro, flúor, iodo e bromo. Já a ferramenta com gases inertes contem gases como neônio, argônio e nitrogênio, os quais são compostos por uma mistura de gases.

Diferenciais dos agentes extintores limpos

O equipamento tem como diferencial, se comparado aos demais modelos, a preferência mundial para a supressão de chamas, principalmente em locais que dispõem de produtos eletrônicos e utilizam tecnologias elevadas, dentre os modelos estão as centrais de telefonia, salas de controle, automatização prediais, comerciais e industriais.

O extintor limpo ainda se destaca por desempenhar um trabalho seguro e que permite recuperar o local atingido pelas chamas, pois não danifica os móveis e demais produtos presentes no espaço.

O aparelho se difere em questões ambientais, dos demais modelos, pois contam com gases inertes, os quais já pertencem a atmosfera terrestre e não há necessidade de recolhimento do agente.

Onde utilizar o extintor de classe limpo

Os sistemas de incêndio com agentes limpos abrangem a atuação para fogos de classe A, que configura o incêndio de papeis, tecidos e madeira; classe B, que resulta na queima de líquidos e gases como gasolina, e classe C, de origem da queima de equipamentos elétricos energizados.

Benefícios do extintor

Além de promover ações rápidas, o extintor com agente limpo é inofensivo aos operadores, pois o produto não retira o oxigênio do ambiente e atua para resfriar as chamas, com ação instantânea. O extintor de agente limpo ainda é específico para o local de uso, o produto é desenvolvido com a utilização de um software exclusivo, que promove cálculos hidráulicos, isométricos, os quais dimensionam a quantidade do agente limpo necessário para proteger válvulas, bicos e tubulações.

Tipos de extintores de agentes limpos

Além de modelos tradicionais, os agentes limpos também contam com detalhes distintos. Conheça algumas opções abaixo:

-Agente limpo IG-55: equipamento com gás composto por nitrogênio, argônio. O produto não pode ser usado em extintores portáteis, atuando com diluição do oxigênio.

– Agente limpo HEC 125: o agente é aplicado como fluído refrigerante de sistemas de ar condicionado e supressor de fogo.  O produto é liberado no estado de vapor incolor e não atrapalha a visão.

– Agente limpo HFC-227: aplicado em supressão de incêndio e em sistemas de refrigeração.

– Agente limpo HFC- 236: material usado em extintores portáteis, sistemas fixos de inundação, ideal para ser aplicado em espaços comerciais, industriais e militares.

– Agente limpo HFC-23: produto comum para salas de bombas, plataformas de óleo e áreas de risco. Ainda permite a aplicação em temperaturas abaixo de 0 C.

– Agente limpo FK 5-1-12: equipamento precisa ser transportado sob pressão e tem vida útil de 5 dias.

Para não errar na escolha e aplicação do extintor a Gifel direciona ao consumidor as melhores soluções e visa esclarecer as dúvidas, referentes a cada material e instalação. Consulte-nos!

Curta essa página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *