Conheça o acumulador hidráulico

19 out
Categorias: tipos de cilindros

Conheça o acumulador hidráulico
Você já ouviu falar em acumulador hidráulico? Se você não trabalha com esse tipo de equipamento, é provável que a resposta para essa pergunta tenha sido não e que você tenha, até mesmo, estranhado esse nome. Um acumulador hidráulico, no entanto, é um tipo de equipamento que “trabalha nas sombras”, de forma discreta, mas eficiente; depois que você descobrir o que é esse equipamento e quais benefícios ele tem a oferecer, você nunca mais irá querer ficar sem ele.

O QUE É, EXATAMENTE, UM ACUMULADOR HIDRÁULICO?

A melhor forma de explicarmos o que é um acumulador hidráulico é analisarmos cada uma das partes dessa expressão de forma separada.

Se buscarmos o auxílio de um dicionário para entendermos o que a palavra “acumulador” significa, veremos que a mesma é um adjetivo muito utilizado para descrever uma pessoa ou um equipamento que acumula, coleta ou junta algo.

A palavra “hidráulico”, por sua vez, é um adjetivo do gênero masculino que costuma ser utilizado para referir-se ao movimento de qualquer tipo de líquido. Na maior parte das vezes, no entanto, ele descreve máquinas, equipamentos e sistemas que funcionam por meio da pressão gerada por um líquido, como por exemplo um cilindro, um motor ou mesmo um sistema de freis hidráulicos.

Combinando ambas as palavras, portanto, temos uma expressão que é utilizada para descrever um tipo de equipamento que é capaz de armazenar pressão hidráulica.

QUAIS AS VANTAGENS DE UM ACUMULADOR HIDRÁULICO?

Um acumulador hidráulico é um tipo de equipamento capaz de enriquecer consideravelmente um sistema, sendo utilizado para absorver choques, manter a pressão, dispensar líquidos e até mesmo proporcionar energia de reserva para uma determinada bomba – daí o nome acumulador, indicando que esse tipo de equipamento é capaz de armazenar pressão (que é energia em potencial) para posterior utilização.

EXISTE APENAS UM TIPO DE ACUMULADOR HIDRÁULICO?

Não, no mercado você pode encontrar pelo menos 3 tipos de acumuladores hidráulicos. São eles:

  • CARREGADOS POR PESO: para funcionar, um acumulador carregado por peso aplica uma força ao líquido por meio da colocação de uma carga pesada, que pode ser feita de ferro, concreto ou até mesmo água (acondicionada). Uma das características mais marcantes desse tipo de acumulador é a pressão constante que ele aplica, já que os pesos não se alteram. Apesar de serem muito utilizados nas usinas de aço e nas centrais de sistemas hidráulicos, eles não são muito populares por conta de seu tamanho.
  • CARREGADOS POR MOLA: nesse tipo de acumulador, a pressão ocorre conforme é feita a compressão de uma mola; em alguns tipos de equipamento, a compressão da mola é feita por meio de um parafuso, que pode ser ajustado, fazendo com que a pressão seja variável. Eles são menores que os acumuladores carregados por peso, podendo ser utilizados em um número maior de locais;
  • HIDROPNEUMÁTICOS: esse é o tipo mais comum de acumulador que existe. Para funcionar, ele aplica força ao líquido por meio da utilização de um gás comprimido, que age como uma mola, o que faz com que o gás seja capaz de movimentar o líquido. Assim como o acumulador carregado por mola, o hidropneumático tem pressão variável. Na maior parte desses equipamentos utiliza-se o nitrogênio, que é um gás inerte, não havendo risco de que uma explosão ocorra. Vale ressaltar, ainda, que existem diversos tipos de acumuladores hidropneumáticos, como por exemplo o do tipo pistão, diafragma e bexiga; o nome de cada um indica a forma de separação do líquido e do gás – o acumulador hidropneumático do tipo bexiga, por exemplo, consiste em uma estrutura de metal que tem uma bexiga em seu interior, sendo que o líquido fica na estrutura de metal e o gás na bexiga. Ao encher a bexiga com o gás, o líquido é comprimido.

Se você deseja saber um pouco mais a respeito de acumuladores hidráulicos, não deixe de falar com a Gifel, uma empresa que está no mercado há mais de 35 anos, possuindo ampla experiência não apenas com esse tipo de equipamento, mas também com diversos outros tipos de produtos, como por exemplo cilindros de nitrogênio, cloro e oxigênio e até mesmo sistemas de combate à incêndio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *