SISTEMAS DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS EM COIFAS DE COZINHA, POR AGENTE SAPONIFICANTE

02 maio

saponificante-660x350Diante do crescente mercado de restaurantes, espaços gourmet, praças de alimentação em shopping centers, cadeias de FastFood, FoodTrucks e da necessidade de proteção das cozinhas industriais de um modo geral,o mercado de segurança contra incêndios teve de se adaptar aos desafios apresentados pelos novos métodos de cocção.

  • ENTENDENDO OS RISCOS

Antes, distribuídos em amplos espaços, as cozinhas dos restaurantes se limitavam a grandes fogões, fornos de aquecimento, chapas e raramente fritadeiras elétricas.

No entanto, à medida que ocorria o crescimento populacional, o mercado se adaptou a essa necessidade crescente de alimentação externa, seja por necessidade de proximidade ao trabalho seja por melhor qualificação para o lazer.

Decorrente da mudança e evolução cultural, com as indústrias implantando restaurantes para seus funcionários,o advento do conceito de centros de compras, o aparecimento das cadeias de “fastfood”,ocorreu o incremento nos riscos, por meio de espaços mais reduzidos e também no incremento do ponto de fulgor dos óleos comestíveis, que afinal deixam as frituras “mais sequinhas”.

No início parecia ser simplesmente um risco a ser combatido por meio de extintores portáteis, mas como atingir o interior da coifa de exaustão e seu filtro?

Porque não usar um extintor de pó químico seco, excelente para o combate a fogos tridimensionais, ou, por que não um de CO2 que operaria por abafamento?

Assim saíram os primeiros sistemas fixos que infelizmente têm se provado ineficientes ao longo do tempo, com o avanço dos óleos de cozinha e métodos de cocção.

Os de pó químico seco, utilizados inicialmente em sistemas fixos, muito eficiente em fogos tridimensionais, como mencionado anteriormente, não possui uma capacidade de resfriamento necessária para controlar as superfícies superaquecidas, decorrentes dos princípios de incêndio, nas novas centrais de cocção.

Por outro lado, a aplicação de CO2 em ambiente aberto e saturado em vapor de óleo faz com que haja uma difusão maior das partículas em suspensão, provocando assim o alastramento instantâneo do foco inicial de incêndio.

  •  DESENVOLVENDO SOLUÇÕES

Desta forma foram se desenvolvendo novos agentes extintores capazes de, quando micro pulverizados, vão, além de combater as chamas, promovendo o resfriamento das superfícies quentes assim como se misturando ao óleo e às gorduras quentes promovendo um processo denominado SAPONIFICAÇÃO.

Fabricados inicialmente com base em ACETATO DE POTÁSSIO, os agentes químicos foram sofrendo mutações de forma a torna-los menos agressivos e levando-os a um estádio de acidez, pH, próximo de 9, ou seja próximo ao neutro.

Atualmente estes sistemas estão abrangendo a maioria dos riscos de cozinha existentes no mercado e devidamente inseridos de forma normativa em diversas normas da ABNT e ITs (Instruções Técnicas) dos Corpos de Bombeiros.

  • EQUIPAMENTOS DISPONÍVEIS

Desde o seu início em 1978, a GIFEL vem participando deste mercado e de seu desenvolvimento mediante o treinamento técnico de sua equipe profissional e na aplicação das mais atuais modificações introduzidas neste campo.

Neste período uma série de restaurantes, hotéis, empresas e redes de FastFood têm recebido a nossa assessoria tanto no projeto como na instalação destes equipamentos.

Hoje a GIFEL conta com uma família de produtos voltados a cada tipo de instalação, procurando adequar sua linha a cada dimensão de risco existente.

A série BKR (BlazeKiller)conta com, desde pequenas unidades portáteis de extinção até sofisticados sistemas de engenhariapara grandes áreas de cozinha, dimensionadas adequadamente a cada tipo e dimensão de risco.

  •  A FAMÍLIA BKR (BLAZE KILLER – MATADOR DE CHAMAS)

Composta por agente extintor KOMET classe K+ armazenado em diversos volumes:

BKR 10 – unidade extintora portátil com capacidade de 1 litro

BKR 50 – sistema fixo disponível para até 7 fluxos

BKR 100 – sistema fixo disponível para até 11 fluxos

BKR 200 – sistema fixo disponível para volumes acima de 12 fluxos

Curta essa página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *