Entenda a importância da manutenção rotineira dos sistemas de prevenção à incêndio

22 jan

pexels-photo-189474 (1)

Não basta instalar um sistema de prevenção à incêndio e deixar o serviço de manutenção irregular. Os equipamentos exigem averiguação periódica, para que detalhes como instalação, data de vencimento e funcionamento dos sistemas, sejam averiguados.

Os cuidados ainda devem ser redobrados em estabelecimentos comerciais, indústrias, prédios e residências. Além de manter os proprietários e frequentadores seguros, por meio da manutenção e inspeção de extintores, os operadores conseguem ter uma base de como utilizar o equipamento.

Importância da manutenção dos sistemas

Assim como demais sistemas de prevenção, o de incêndio também sofre desgastes com o tempo. Uma forma de averiguar os sistemas é o trabalho do Corpo de Bombeiros, junto a equipe especializada no setor, com vasta experiência em instalação, diferentes modelos de equipamentos e que forneça orientações ideais para manuseio e funcionamento.

O estabelecimento comercial e demais setores que não se enquadrem nas regularidades dos sistemas de incêndio, podem ser multados e ocasionar no fechamento do local. Além disso, a ausência do serviço de manutenção e inspeção de incêndio irá causar gastos ao proprietário.

Vantagens do serviço de inspeção

Com mão de obra especializada e técnicos experientes, a manutenção dos sistemas de incêndio pode ser feita, de forma ágil e com excelente custo-benefício. Em caso da troca de extintores, o mercado disponibiliza hoje modelos destinados a combater chamas de classe A, B, C, D, além dos equipamentos como Inergas, Saponificante BKR-200, Novec 1230, CO2 Alta Pressão, CO2 Baixa Pressão, Espuma Mecânica, Firefly D/W, Água Nebulizada e Twin Agent.

Para auxiliar nos sistemas de combate a incêndio, as instalações podem apresentar uma variedade de equipamentos que ajudam na proteção as chamas, como o canhão monitor, esguicho para canhão, câmara de espuma, proporcionador de espuma, líquido gerador de espuma, mangueira de incêndio, tanque LGE, carreta de espuma 130 litros, extintores de incêndio, hidrante, mangueira de incêndio e esguicho para mangueira.

Sistemas de combate a incêndio em estabelecimentos

Independente do porte da empresa, exige-se a presença de sistemas de combate a incêndio inspecionados e com fiscalização periódica. O serviço deve receber uma atenção especial, devido ao número de funcionários e pelo local desempenhar atividade de atendimento ao público.

Diante disso, os colaboradores, de uma determinada empresa podem receber treinamentos para que saiba agir em caso de incêndios, assim resulta no preparo e segurança do ambiente.

Na Gifel, além de ter acesso a um amplo estoque de equipamentos para sistemas de combate a incêndio, a empresa visa orientar e instalar as ferramentas de forma ágil e que não cause perigos aos operadores.

pexels-photo-189474

Curta essa página

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>